Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
05/07/2018 às 17:18
Técnica e disposição dos masters no CDC Democrata

Com a presença de ex-atletas profissionais, como Pires, Caçapa, Gilmar, Silva e Vilson, a equipe de masters da Sociedade Esportiva Palmeiras, também representando o Instituto Ademir da Guia, jogou e venceu o Master Arco Verde, da Vila Rubi, na manhã do sábado, 30 de junho, no campo do Clube da Comunidade (CDC) Democrata, no Jardim São Benedito, distrito de Cidade Dutra.

Além de ser um jogo de confraternização e de exibição dos antigos jogadores para os esportistas da região, foi também uma partida comemorativa aos 30 anos de existência da equipe do Arco Verde, que tem sua sede na Vila Rubi.

“O nosso time de masters foi montado no ano passado, quando reunimos pessoas que não se viam há mais de 15, 20 anos. Hoje, tivemos uma confraternização maravilhosa com esses jogadores bacanas, humildes e com quem a gente pode jogar bola, brincar e depois ‘bater uma resenha’. Foi um dia inesquecível”, comenta Marcos Bruno de Oliveira, diretor do Master Arco Verde.

O campo do CDC recebeu um bom público para ver a vitória do Palmeiras por 3 a 1 sobre o Arco Verde, com dois gols de Flávio e um de André para os visitantes e outro de Rael, descontando para o time da região. Vander Néris, que atua na zaga dos veteranos palmeirenses, foi um dos promotores da partida. Ele trabalha no Instituto Ademir da Guia, ao lado do ex-zagueiro Tonhão. Além do jogo no Democrata, Vander promoveu outras duas apresentações – Vila Rubi e campo do Castelo – dos masters do Palmeiras na região.

 

Dois craques do Verdão   

Hoje, com 62 anos de idade, Gilmar foi goleiro titular do Palmeiras durante cinco anos, de 1978 a 1983. Atuou em doze clubes até encerrar a carreira na equipe do Bento Gonçalves, aos 43 anos. “Foi um jogo bacana e difícil contra o Arco Verde. Mas, independente do resultado, o importante é vir jogar aqui e trazer alegria para esta galera”, resumiu Gilmar ao final da partida no Democrata.

Já o médio volante Pires, com 63 anos, foi o substituto de Dudu, que formou um lendário meio de campo com Ademir da Guia no Palmeiras, por mais de dez anos. Morando em Sorocaba, onde possuí restaurante e loja de carros, Pires recorda que jogou dez anos no Palmeiras (“com muito orgulho”), onde ganhou dois títulos. Agora ele procura mostrar aos jovens, através do time de veteranos, que é preciso se preservar fisicamente, praticando atividades físicas.

“Esse foi um jogo festivo, bem jogado e que mostrou que o futebol arte sempre prevalece”, disse Pires, que já se preparava para ir à sede do Arco Verde para o churrasco de congraçamento oferecido aos veteranos do Verdão.




Coluna Interlagos

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Interlagos e região.